Qual é a diferença entre PCBA e PCB?

Diferença entre PCBA e PCB

Na esfera da eletrónica, a montagem de placas de circuitos impressos - vulgarmente designada pelo acrónimo PCBA - é um elemento essencial. No entanto, a sua verdadeira essência e objetivo são muitas vezes mal compreendidos, levando a que um grande número de pessoas o confunda com o seu parente, a placa de circuitos impressos (PCB). Embora as duas estejam significativamente relacionadas, apresentam várias propriedades distintas.

Compreender cada faceta do PCBA é crucial, especialmente quando se está prestes a mergulhar no mundo do PCB e do PCBA. Por conseguinte, este artigo pretende esclarecer o verdadeiro significado de PCBA, diferenciando-o de PCB, dando-lhe uma visão abrangente.

O que é PCBA?

Desenvolver uma boa compreensão de PCBAÉ fundamental compreender o seu componente fundamental - a PCB. Constituída por materiais não isolantes e tolerantes ao calor, uma placa de circuito impresso inclui um substrato de dissipação de calor, que evita o sobreaquecimento do sistema global, mantendo assim um desempenho ótimo. Além disso, a secção superior da placa de circuito impresso tem materiais condutores, como o cobre, que permitem a transmissão de sinais electrónicos.

No entanto, dada a ausência de componentes electrónicos, os PCB são construções incompletas. O PCBA é um conjunto completo e abrangente que nasce de uma placa de circuito impresso totalmente preparada. PCB. Após a montagem, são adicionados componentes passivos e activos, tais como resistências, condensadores SMD, transformadores, díodos, circuitos integrados e transmissores, desenvolvendo uma placa de circuitos totalmente funcional, mais conhecida como PCBA.

Os componentes electrónicos, fundamentais para o processo de montagem de PCBA, dividem-se geralmente em duas categorias - componentes SMD e componentes de orifício passante.

Aprofundando o conhecimento sobre componentes SMD e de furo passante

Os componentes SMD (Surface-Mount Devices) são integrados na placa de circuito utilizando a tecnologia de montagem em superfície. Estes componentes podem ser distinguidos pela contagem do número de pinos na sua embalagem. Por outro lado, os componentes com orifícios de passagem têm condutores e requerem furos na superfície da placa de circuito impresso para a sua inserção.

O processo de montagem da placa de circuito impresso pode ser executado utilizando diferentes técnicas. A soldadura automatizada é normalmente utilizada para montar componentes electrónicos na placa de circuito impresso, recorrendo a dois métodos populares: a soldadura por onda, geralmente utilizada para componentes tradicionais com orifícios passantes, e a técnica de soldadura por refluxo, que é adequada para componentes SMD. Vale a pena mencionar que alguns profissionais experientes optam também pela soldadura manual, que exige grande perícia e precisão.

Diferença entre PCBA e PCB

Para quem se dedica ao fabrico de produtos electrónicos ou à engenharia de placas de circuitos, é fundamental compreender as diferenças entre PCBA e PCB. As PCB são fornecidas numa série de tipos determinados principalmente pelo seu material de substrato. As opções incluem PCB à base de metal, conhecidas pela sua robustez e resistência; PCB à base de cerâmica, elogiadas pela sua resistência a altas temperaturas e desempenho superior a altas frequências; e PCB FR4, fabricadas a partir de laminados de epóxi reforçados com fibra de vidro, elogiadas pelas suas excelentes propriedades de isolamento e custo mais baixo.

A flexibilidade das placas de circuito impresso e o número de camadas que podem acomodar oferecem uma imensa adaptabilidade para aparelhos com designs complexos ou restrições espaciais apertadas. No entanto, as placas de circuito rígido são uma escolha privilegiada para aplicações que exigem robustez mecânica.

Embora as PCB sejam o ponto de partida para as PCBA, muitos fabricantes subcontratam-nas a diferentes empresas e procedem à montagem das PCBA internamente. É importante notar que apenas um grupo selecionado de empresas pode coordenar eficazmente a montagem de componentes electrónicos em PCB.

Selecionar a PCB certa para o fabricante de PCBA: Uma lista de verificação

Quando se pensa em externalizar um protótipo de PCB personalizado para PCBAPara além disso, há vários factores críticos a ter em conta.

1. Verificação dos modelos empresariais

Antes de avançar com um fabricante, certifique-se de que a sua atividade principal gira em torno da criação de placas de circuito impresso e não de uma mera conduta ou intermediário. Um fabricante que se limite a intermediar encomendas pode não ter o empenho ou a competência das empresas que também fabricam placas de circuito impresso, o que pode levar a problemas de qualidade ou a atrasos na entrega.

2. Compreender a MOL

Não se esqueça de verificar se o fabricante potencial impõe um "limite mínimo de encomenda" (MOL). Os melhores fabricantes oferecem flexibilidade aos seus clientes, permitindo-lhes encomendar de acordo com as suas necessidades. Uma flexibilidade limitada pode resultar na insatisfação do cliente.

3. Aprender sobre técnicas de soldadura de PCB

Para o fabrico de PCBA, é crucial a familiaridade com diferentes técnicas de soldadura de PCB, como a tecnologia de montagem em superfície (SMT), a soldadura através de orifícios e a soldadura manual. O conhecimento destas técnicas de soldadura garante a eficiência e a fiabilidade das placas montadas.

4. Expectativas de prazos de entrega

O prazo de entrega - o período entre a encomenda e a entrega - é outro parâmetro vital na seleção de um fabricante de PCBA. Qualquer atraso pode perturbar os prazos de produção, pelo que é essencial ter um fabricante que garanta uma entrega pontual.

5. Avaliação do preço

O preço também desempenha um papel importante no seu processo de seleção. Os custos propostos devem ser competitivos, em conformidade com as taxas de mercado e susceptíveis de negociação.

A FX PCB preenche todos estes requisitos, assegurando preços competitivos, sem limite de encomendas e com garantia de entrega atempada com testes exaustivos e certificação de qualidade de cada componente.

Conclusão

A compreensão completa do PCBA adquire-se começando por compreender o conceito de PCB, o que o conduz depois a outro componente significativo no fabrico de dispositivos - o PCBA. Implementando duas técnicas-chave - SMT e thru-hole, juntamente com a colocação meticulosa de componentes, a montagem tem lugar. A exatidão e a precisão, combinadas com preços competitivos e entrega atempada, fazem da FX PCB o seu local de eleição para PCBAs.

Como profissional experiente com 15 anos de experiência na indústria de PCB e PCBA, eu, Peter Gong, dedico-me a partilhar a minha riqueza de conhecimentos com outros entusiastas, fabricantes e utilizadores de placas de circuitos. Estou ansioso por continuar a contribuir para esta área tão interessante e por transmitir os meus conhecimentos à comunidade de placas de circuitos através da FX PCB.

Partilhar:

Mais publicações

PCB Dedos de ouro

O que são PCB Gold Fingers?

O que é o Dedo de Ouro PCB? As placas de circuitos impressos (PCB) são a espinha dorsal da maioria dos dispositivos electrónicos, ligando os componentes através de uma série de caminhos eléctricos. Um

pt_PTPortuguês